admin@guiadopc.com.br

o processador não precisa interpretar as instruções que esta na memoria ram toda vez que ligar o pc, porque elas já estarão interpretadas na memoria ram essa afirmação é correta?

+4 votos
depois de interpretada o processador não precisa mais de interpreta as instruções contidas na memoria ram ela irá so executa?
perguntado 9 anos atrás em Windows por anônimo

5 Respostas

+3 votos
Anônimo, a memória RAM é volátil. Toda vez que você desliga a máquina, ela perde totalmente o seu conteúdo.
Quando você tornar a ligá-lo, nada existe para ser lido lá.
respondida 9 anos atrás por BMWBSP Ativo (261 pontos)
+3 votos
Não esta incorreto, toda vez que o pc desliga as informações da RAM são perdidas, o win 8 que possui uma inicialização mais rápida pois o mesmo grava os dados no disco rigido como ocorre com a hibernação do windows 7, assim só os dados principais são carregados deixando a inicialização bem mais rapida. Todos os dados só são carregados quando algum novo hardware é instalado, isso no win8.
No caso de outros sistemas o que pode ocorrer é que a memória cache do processador grave alguns dados (isso o pc em funcionamento) assim se vc precisa abrir um novo programa ou usa tal programa ou aplicativo diversas vezes ele carregada mais rápido, pois o processador ja o definiu como muito requisitado ficando assim salvo no cache, mais isso também se perde com a reinicialização do pc.

Toda vez que vc ligar o pc ele ira fazer todo mesmo processo e o processador ira ter todo o trabalho de todo jeito não fica dados nenhum armazenado na ram.
respondida 9 anos atrás por Maurício Rodrigues Usuário TOP (27,076 pontos)
0 votos
Esta afirmação é incorreta, a memória RAM é volátil, assim que você desliga ou reinicia o computador ela perde totalmente seu conteúdo.
respondida 9 anos atrás por Zanotti Avançado (2,683 pontos)
0 votos
amigo isso so acontece no caso de voce hibernar o pc ao invez de voce quando for desligar voce manda hibernar com isso as insformaçoes de instrução que estao na memoria vai ser armazenadas no disco e assim quando voce ligar o micro o processador tera apenas o trabalho de voltar o conteudo para a memoria com isso a inicialização será mais rapida
respondida 9 anos atrás por Rekztem PhD (21,799 pontos)
0 votos
Basicamente são dois tipos de memórias que existem: Internas dentro do processador, são memórias voláteis, isto é, perdem seus dados com ausência de energia, como a memória Cache, registradora. As memórias externas são memorias não volateis, servem para guardar dados enquanto o computador esta em uso.
Memória principal: "também chamadas de memória real, são memórias que o processador pode endereçar diretamente, sem as quais o computador não pode funcionar. Estas fornecem geralmente uma ponte para as secundárias, mas a sua função principal é a de conter a informação necessária para o processador num determinado momento; esta informação pode ser, por exemplo, os programas em execução. Nesta categoria insere-se a RAM,que é uma memória de semicondutores, volátil, com acesso aleatório, isto é, palavras individuais de memória são acessadas diretamente, utilizando uma lógica de endereçamento implementada em hardware. Também pode-se compreender a memória ROM (não volátil), registradores e memórias cache." [VELLOSO:2011:38]
Memória secundária: memórias chamadas de “memórias de armazenamento em massa”, para armazenamento permanente de dados. Não podem ser endereçadas diretamente, a informação precisa ser carregada em memória principal antes de poder ser tratada pelo processador. Não são estritamente necessárias para a operação do computador. São geralmente não-voláteis, permitindo guardar os dados permanentemente. Como memórias externas, de armazenamento em massa, podemos citar os discos rígidos como o meio mais utilizado, uma série de discos óticos como CDs, DVDs e Blu-Rays,disquetes e fitas magnéticas.

Às vezes faz-se uma diferença entre memória secundária e memória terciária. A memória secundária não necessita de operações de montagem (inserção de uma mídia ou média em um dispositivo de leitura/gravação) para acessar os dados, como discos rígidos; a memória terciária depende das operações de montagem, como discos ópticos e fitas magnéticas, entre outros.

Os discos rígidos magnéticos consistem uma categoria a parte nas memórias ditas “externas”, pois geralmente armazenam sistema, programas e arquivos de usuários, são vendidos hoje em capacidades que variam de 500GB a 3TB. A tecnologia de transmissão de dados mais atual para sistemas desktop é a Serial ATA 3, ou SATA 600, e para servidores é o SAS, muito semelhante ao SATA mas com velocidade (1.2GBPS) e padrões de qualidade de fabricação superiores. Ainda sobrevivem discos com interface SCSI, principalmente as ultra wide 4, capazes de transmitir até 320MB/s com a tradicional alta confiabilidade e durabilidade dos discos SCSI.

No nível seguinte podemos citar discos de leitura ótica e unidades de fita (as ditas memórias terciárias). Discos óticos são muito utilizados para guardar programas e como backup de arquivos pessoais. O CD (Compact disk), em suas diversas versões, é capaz de armazenar 700MB, o DVD (Digital Video Disk) armazena até 4.7GB (8.5GB na versão “dual layer”) e o Blu-ray é capaz de armazenar até 50GB. As fitas magnéticas são dispositivos de acesso sequencial. As antigas DAT tem sido substituídas pelas modernas fitas Ultrium LTO (Linear Tape Open) que, em sua 5ª geração, são capazes de armazenar 1.5TB e realizar leitura a uma velocidade máxima de 140MB/s.


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
respondida 7 anos atrás por Ademilson Mestre (7,317 pontos)

Sua resposta

Enviar um email para este endereço se minha resposta for selecionada ou comentada:
Privacidade: Seu endereço de email será usado apenas para envio de notificações.
Verificação Anti-spam:
Para não fazer esta verificação no futuro, por favor, faça o login ou registre-se.

Perguntas relacionadas